top of page

Estratégia para a salvação



Pedro afirmou que uma herança imperecível, sem mácula e que não perde o valor está guardada para todo cristão no Céu, 1 Pe 1.4, NVI. Continuou o apóstolo no dizer que somos protegidos por Deus até a salvação que se revelará no tempo final.

O que Pedro quis dizer com isso?


Na mencionada exposição, o apóstolo afirmou que o poder de Deus protege o cristão para a salvação, o qual opera mediante a fé, 1 Pe 1.5. Outrossim, sabe-se que a fé é concedida ao homem pelo Senhor, Rm 12.3; a esperança dada por Ele é viva e foi inaugurada com a ressurreição de Cristo, bem como está reservada para o dia do triunfo dos salvos.

A forma nominal dos verbos guardar e proteger - GUARDADA e PROTEGIDOS, que fora empregada na passagem - indica ação perfeita, isto é, que a herança e a salvação do crente estão seguras integralmente, e resguardadas permanecem até a vinda de nosso Senhor Jesus.


Também, o texto dispõe que o crente deve ser entristecido por provações, para comprovação da fé que possui.

Diante disso, percebe-se que o agir de Deus é sublime e, mesmo distante da lógica humana, destina aflições para os próprios filhos no trabalhar da fé em nós, que opera para que não se perca o que nos foi destinado pelo Senhor que tudo perscruta.


Somos propriedade de Deus em Cristo e, para nosso próprio bem, a atuação do Senhor é amorosa, porém madura em extremo, visto que Deus suscita os problemas do tempo presente para fortalecimento da nossa fé, com a intenção de que provados e aprovados recebamos as bênçãos futuras do seu Reino.

Desta feita, embora o discernimento do homem seja restrito, maravilhoso é o plano do Senhor elaborado para o crente em Jesus, estratégia essa para aperfeiçoamento dos seus que seria inimaginável para a limitada mente humana, se não nos revelasse o próprio Deus em sua Palavra.

Prof. Leonardo Rabelo Paiva

Escola de Formação Cristã - EFC

Comunidade Evangélica Filadélfia em Alfenas - CEFA

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page